Congresso Brasileiro do Sono

Página Inicial » Grade

PRÉ - CONGRESSO


12/12/2021 (Domingo)

  SALA 1 SALA 2 SALA 3 SALA 4 SALA 5 SALA 6 SALA 7 SALA 8
08:00       08:00 - 12:00

ACTIGRAFIA - CURSO INTRODUTÓRIO

08:00 - 08:15
Actigrafia: de onde viemos, onde estamos e para onde vamos?

08:20 - 08:35
Especificações técnicas e recomendações gerais

08:40 - 09:00
Métodos de análise de dados actigráficos para calcular parâmetros dos ritmos circadianos

BRUNO DA SILVA BRANDAO GONCALVES

MG Palestrante

09:05 - 09:25
Métodos de análise de dados actigráficos para calcular parâmetros atividade / repouso e do sono / vigília

09:30 - 09:45
Intervalo

09:45 - 10:00
Inspeção visual e edição dos dados

10:00 - 10:25
Exemplos de casos da actigrafia em pesquisa e na clínica - CASO 1

BRUNO DA SILVA BRANDAO GONCALVES

MG Palestrante

10:25 - 10:50
Exemplos de casos da actigrafia em pesquisa e na clínica - CASO 2

Bárbara Conway

SAO PAULO / SP Palestrante

10:50 - 11:15
Exemplos de casos da actigrafia em pesquisa e na clínica - CASO 3

11:15 - 11:40
Exemplos de casos da actigrafia em pesquisa e na clínica - CASO 4

Andrea Cecilia Toscanini

SAO PAULO / SP Palestrante

11:40 - 12:00
Instruções de uso / relatório clínico

      08:00 - 12:00

INSÔNIA DE A a Z

Andrea Frota Bacelar Rego

RIO DE JANEIRO / RJ Coordenadora

08:00 - 08:30
Diagnóstico e diagnóstico diferencial das insônias

08:30 - 09:00
Fisiopatologia do transtorno da insônia

RAIMUNDO NONATO DELGADO RODRIGUES

BRASILIA / DF Palestrante

09:00 - 09:30
Decisão no tratamento farmacológico de pacientes com insônia

Andrea Frota Bacelar Rego

RIO DE JANEIRO / RJ Coordenador

09:30 - 10:00
Consequências da insônia em curto e longo prazo baseado nos fenótipos com duração objetiva de sono

10:00 - 10:20
Intervalo

10:20 - 10:50
Métodos cognitivos-comportamentais, presenciais e on-line, para tratamento de insônia, baseado nos fenótipos com duração objetiva de sono

10:50 - 11:20
Manejo da insônia em crianças e adolescentes: abordagem farmacológica

Rosana Souza Cardoso Alves

SAO PAULO / SP Palestrante

11:20 - 11:50
Manejo comportamental da insônia na infância e adolescência

Renatha El Rafihi Ferreira

JOINVILLE / SC Palestrante
08:30         08:30 - 18:00

DRS DO DIAGNÓSTICO AO TRATAMENTO: UM PANORÂMA ATUAL

08:30 - 09:00
Quero fazer odontologia do sono. Por onde começar? Que caminho seguir?

ROWDLEY ROBERT ROSSI PEREIRA

VITORIA / ES Palestrante

09:00 - 09:30
Como o dentista pode fazer a triagem para AOS em crianças e adultos?

OLIVIA DE FREITAS MENDES MARTINS

TERESINA / PI Palestrante

09:30 - 10:00
Qual o impacto das comorbidades na eficácia dos AIO AM?

10:00 - 10:30
Intervalo

10:30 - 11:00
Como fazer o prevenir, diagnosticar e tratar de DTM e Dor Orofacial nos pacientes nos pacientes com AOS indicados para o tratamento com AIO AM?

MARTA SOLANGE RAMPANI

SAO JOSE DOS CAMPOS / SP Palestrante

11:00 - 11:30
Quais os benefícios da expansão maxilar na criança, adolescente e adulto com AOS?

11:30 - 12:00
Titulação e controle vertical do AIO AM no tratamento da AOS

KARINA CORREA FLEXA RIBEIRO MELLO

Palestrante

12:00 - 13:30
Intervalo para almoço

13:30 - 14:00
Fenótipos e endótipos da AOS e o tratamento com AIOAM

MARIA DE LOURDES RABELO GUIMARAES

BELO HORIZONTE / MG Palestrante

14:00 - 14:30
Quando o clínico em odontologia do sono deve incluir o tratamento ortocirúrgico da AOS no plano de tratamento dos DROS?

MARTHA SALIM

VITORIA / ES Palestrante

14:30 - 15:00
Odontologia do sono digital. Qual a realidade atual?

RAFAEL DE ANDRADE BALSALOBRE

SAO PAULO / SP Palestrante

15:00 - 15:30
O que está por trás dos casos de insucesso do tratamento com AIOAM?

ELIANA REGINA LOTTENBERG VAGO

SAO PAULO / SP Palestrante

15:30 - 16:00
Intervalo

16:00 - 16:30
Como conduzir um caso com AOS associado ao bruxismo do sono e insônia?

Cibele Dal Fabbro

SAO PAULO / SP Palestrante

16:30 - 17:00
Sob a perspectiva biológica e mecânica como deve ser o tratamento da AOS com AIOAM em pacientes pós tratamento ortodôntico?

17:00 - 17:30
Odontologia do sono na prática: Apresentação de casos complexos

17:30 - 18:00
Odontologia do sono na prática: Apresentação de casos complexos

ANDREA RIBEIRO

Palestrante
 
09:00 09:00 - 12:15

FONOAUDIOLOGIA DO SONO

ESTHER MANDELBAUM GONCALVES BIANCHINI

SAO PAULO / SP Coordenadora

09:00 - 09:20
De onde viemos e onde estamos: o que mudou no trabalho e abrangência fonoaudiológica

ESTHER MANDELBAUM GONCALVES BIANCHINI

SAO PAULO / SP Palestrante

09:20 - 10:00
Sono na infância: ritmo de sono em bebês e a interferência na amamentação

Vera Cristina Alexandre de Souza

BELO HORIZONTE / MG Palestrante

10:00 - 10:40
Distúrbios respiratórios do Sono: terapêutica isolada e associada a outros tratamentos

10:40 - 11:20
Pesquisas e evidências atuais em Fonoaudiologia do Sono: como associar com a clínica

Vanessa Ieto

SAO PAULO / SP Palestrante

11:20 - 12:00
Sono e aspectos de abrangência Fonoaudiológica: interrelações e encaminhamentos

LUCIANA MORAES STUDART PEREIRA

RECIFE / PE Palestrante

12:00 - 12:15
Perguntas

09:00 - 18:00

EDUCAÇÃO FÍSICA

09:00 - 09:45
Atividade física, comportamento sedentário e sono

Andrea Maculano Esteves

CAMPINAS / SP Palestrante

09:45 - 10:00
Perguntas

10:00 - 10:45
Distúrbios do sono e a prática de exercício físico supervisionado

Giselle Soares Passos

JATAI / GO Palestrante

10:45 - 11:00
Perguntas

11:00 - 11:45
Privação, restrição do sono e obesidade

11:45 - 12:00
Perguntas

12:00 - 14:00
Intervalo para almoço

14:00 - 14:45
Sistema imune, metabolismo e privação / restrição do sono

14:45 - 16:00
Prática de exercício físico resistido em trabalhadores por turno

Valdenio Martins Brant

BELO HORIZONTE / MG Palestrante

16:00 - 16:30
Intervalo

16:30 - 17:00
Intervenções em atletas: como lidar e como orientar

RENATO DE CARVALHO GUERREIRO

BELO HORIZONTE / MG Palestrante

17:00 - 17:30
O profissional de Educação Física e sua formação na área do Sono: perspectivas profissionais

17:39 - 18:00
Perguntas

09:00 - 18:00

MÉTODOS DE REGISTROS NO LABORATÓRIO DO SONO

09:00 - 10:00
Parâmetros fisiológicos investigados na Polissonografia – quais incluir e como registrar?

Rogério Santos Silva

SANTOS / SP Palestrante

10:00 - 10:45
Reconhecendo os estágios do sono

Rogério Santos Silva

SANTOS / SP Palestrante

10:45 - 11:15
Intervalo

11:15 - 12:00
Regras para marcação de despertares e movimentos na Polissonografia

Rogério Santos Silva

SANTOS / SP Palestrante

12:00 - 12:30
Regras para marcação de eventos respiratórios na Polissonografia

Rogério Santos Silva

SANTOS / SP Palestrante

12:30 - 13:00
Regras para marcação de eventos cardíacos na Polissonografia

13:00 - 14:00
Intervalo para almoço

14:00 - 15:00
Polissonografia em crianças – aquisição de dados, estagiamento do sono e marcação de eventos

MAGNEIDE FERNANDES BRITO

SAO PAULO / SP Palestrante

15:00 - 15:30

15:30 - 16:00
Intervalo

16:00 - 16:30
Teste múltiplo das latências do sono

16:30 - 17:15
Monitores domiciliares para diagnóstico da apneia obstrutiva do sono – como e quando utilizar?

17:15 - 18:00
Artefatos na Polissonografia – discussão de exemplos práticos

STELLA MARCIA AZEVEDO TAVARES

SAO PAULO / SP Palestrante
  09:00 - 12:00

AVALIAÇÃO DOS DISTÚRBIOS DE SONO DA INFÂNCIA: DA CLÍNICA AOS EXAMES - ALÉM DO RONCO, AGITAÇÃO E IAH

09:00 - 09:30
Polissonografia infantil I: interpretação das particularidades da Infância (padrão respiratório, CO2, IAH, IDO, saturação mínima)

Simone Chaves Fagondes

PORTO ALEGRE / RS Palestrante

09:30 - 10:00
Polissonografia infantil II: interpretação das particularidades da Infância (Hipnograma, vídeo, particularidades do EEG, biomarcadores de hipersonias, microestrutura do sono)

10:00 - 10:30
Avaliação progressiva da hipoventilação (uso da PSG e outros instrumentos no diagnóstico e seguimento)

10:30 - 10:45
Intervalo

10:45 - 11:15
Avaliação clínica: ferramentas da anmnese e outras ferramentas adicionais particularmente importantes para criança (quais e quando)

Clarissa Bueno

SAO PAULO / SP Palestrante

11:15 - 12:00
Avaliação comportamental: como e o que extrair da história que não está claro na queixa dos cuidadores (instrumentos e escalas úteis no delineamento clínico do distúrbio do sono na criança)

12:00        
12:15          
13:00   13:00 - 17:30

COMO A CRONOBIOLOGIA PODE CONTRIBUIR PARA A CLÍNICA DO SONO?

13:00 - 14:00
Cronobiologia: Conceitos básicos e aplicações. O sistema de temporização circadiano; Mecanismos de sincronização e arrastamento

FELIPE BEIJAMINI

REALEZA / PR Palestrante

14:00 - 14:20
Perguntas

14:20 - 15:20
O sono como ritmo biológico; formas de monitoramento do ritmo sono/vigília.

MARIO ANDRE LEOCADIO MIGUEL

NATAL / RN Palestrante

15:20 - 15:40
Perguntas

15:40 - 16:00
Intervalo

16:00 - 17:00
Ritmos biológicos e transtornos de humor; Ritmos biológicos e saúde cardiometabólica; Ritmos biológicos e câncer

EDUARDO HENRIQUE ROSA SANTOS

UBERLANDIA / MG Palestrante

17:00 - 17:20
Perguntas

13:00 - 17:30

A CLÍNICA EM PSICOLOGIA DO SONO: TEORIAS E DISCUSSÃO DE CASO

MONICA ROCHA MULLER

BRASILIA / DF Coordenadora

13:00 - 13:15
Apresentação

13:15 - 13:45
Avaliação do sono por meio do auto relato (diários e escalas) e actigrafia

13:45 - 14:15
Casos de distúrbios do sono na infância - Caso 1

ILA MARQUES PORTO LINARES

SAO PAULO / SP Palestrante

14:15 - 14:45
Casos de distúrbios do sono na infância - Caso 2

Renatha El Rafihi Ferreira

JOINVILLE / SC Palestrante

14:45 - 15:00
Intervalo

15:00 - 15:30
Casos de distúrbios do sono em adultos - Caso 1

15:30 - 16:00
Casos de distúrbios do sono em adultos - Caso 2

Laura de Siqueira Castro

SAO PAULO / SP Palestrante

16:00 - 16:30
Casos de distúrbios do sono em adultos - Caso 3

MONICA ROCHA MULLER

BRASILIA / DF Palestrante

16:30 - 17:00
Casos de distúrbios do sono em adultos - Caso 4

ALICIA CARISSIMI

PORTO ALEGRE / RS Palestrante

17:00 - 17:15
Encerramento

  13:00 - 18:00

RESPIRATÓRIO

13:00 - 13:20
Impacto da pandemia e recall de dispositivos no tratamento da AOS com CPAP

13:20 - 13:40
Filtro de barreira nos dispositivos de pressão positiva para contenção de vírus e partículas plásticas: Há prejuízo na performance dos aparelhos?

13:40 - 14:00
CPAP em pacientes com insônia comórbida

14:00 - 14:20
Apneia residual no relatório do CPAP: do diagnóstico ao tratamento

14:20 - 14:40
Umidificação aquecida: identificando pacientes com potencial benefício e minimizando os riscos

14:40 - 15:00
Vazamento elevado no relatório de CPAP: distinguindo o vazamento oral e pela máscara

15:00 - 15:20
Intervalo

15:20 - 16:00
ESTAÇÃO PRÁTICA: Decidindo pela melhor interface para meu paciente

16:00 - 16:40
ESTAÇÃO PRÁTICA: Adesão ruim ao CPAP: identificando oportunidades para melhora

16:40 - 17:20
ESTAÇÃO PRÁTICA: Vazamento elevado: discussão de casos reais

17:20 - 18:00
ESTAÇÃO PRÁTICA: Eventos residuais: discussão de casos reais 

17:30        
18:00                

Legenda

  • PC